SEGUIDORES

COMUNICAÇÃO



Vamos trazer para nossa realidade brasileiro, ou seja, 11 milhões (onze milhões), segundo o IBGE. Depois pensamos em ANAFALBETO FUNCIONAL e a QUALIDADE de nossas escolas.
Ora, observamos até erros grotescos em propagandas e até de “jornalistas”.
A questão não é essa. O questionamento é o que a COMUNICAÇÃO em a ver com ERUDIÇÃO, ou quem domina a língua portuguesa?
Comunicação é uma palavra derivada do termo latino "communicare", que significa "partilhar, participar algo, tornar comum".
DOMÍNIO DA LÍNGUA PORTUGUESA: Prefiro falar ERUDITO (é abrangente), mas pode ser NORMA CULTA.
Ora, se a função da comunicação é passar uma mensagem, como poderíamos passar MENSAGENS usando o “vernáculo” compreendido por tão poucos. Segundo minha ótica, DEIXA DE SER COMUNICAÇÃO.
Devemos falar a linguagem de uma região, de um povo e sua predominância, do contrário, nunca passaremos qualquer ensinamento.

Toquei no assunto por duas razões. Uma sobre a reportagem de um delegado que aplica o português puro em seus Boletins de Ocorrência e até no seu dia a dia. Ele mesmo disse, que depende do público, se contém e fala a língua “entendida”...rsrsrrs
Por outro lado, lanço um desafio, usando o LIVRO SAGRADO. Quantas pessoas sabem as palavras: NÉSCIO, CHUVAS SERÔDIAS... são tantas que vou colocar um link para quase todas: http://www.monergismo.com/textos/dicionario/DicionarioARA-apostila_graner.pdf .
O que me levou a escrever, foi a fato de observar pessoas que FICAM CORRIGINDO O PORTUGUÊS em uma conversa, palestra, etc. etc. SINAL, SEGUNDO MINHA ÓTICA, QUE ESTÁ PREOCUPADO COM A LÍNGUA CULTA DO QUE COM O RECADO/MENSAGEM.

Por isto, acredito eu, que se perdeu no tempo tantas mensagens e ideias, por terem sido ditas por pessoas simples.... SANTA IGNORÂNCIA...
Vou dar dois exemplos que ouvi como sendo verdade. Estava a diretoria inteira de uma multinacional discutindo sobre a pasta de dente. Presentes engenheiros, técnicos. Etc. Depois de horas (ou dias), não conseguiam entender o motivo da população crescer e o consumo não. A tia do cafezinho vendo tanto nervosismo, pediu para falar (não preciso dizer quantos foram contras...). Afinal o presidente falou que não custava nada ouvir. Ela disse que o orifício da pasta era pequeno, caso fosse maior, maior seria o consumo. Verdade ou não, quem se lembra (coisa bem antiga) que era assim?

OUTRA: Para não repetir, toda AQUELE GENTE INTELECTUAL dizendo que não via como reduzir gastos com a venda de pneus. Pronto, apareceu o Sr. Zé (um borracheiro), pediu para falar (“dinovo”, muita gente contra. O presidente, como na outra história, pediu para ele falar. O Sr. José disse que os pneus não precisavam ser embalados (tipo fita crepe) .....  Quem aí é do tempo e lembra-se?

MAIS UMA PARA FINALIZAR A HISTORINHAS: Uma multi., teve problemas com venda de produtos que passavam desapercebido que só havia embalagem (sem o produto). Depois de TODA REUNIÃO, etc. etc., tentaram inventar uma balança para detectar o peso de produto a produto, ia custar UMA FORTUNA. Lá vem o Sr. Zé “dinovo”.... deram a palavra e ele valou, é só colocar um ventilador perto da esteira, aqueles que só tinham embalagem, caiam ....KKKKK. Só rindo mesmo.

Enfim, meu amigo, temos que observar as normas da língua. Precisamos ser corrigidos por verdadeiros AMIGOS (tive um monte e agradeço por terem me corrigido), mas não desmereça quem não fale (e escreva) bem, saiba falar com a pessoa e ensinar o que está errada. Não interrompa corrigindo ERROS na frente de todo mundo, aliás, nem cabe criticar.
Seja “inteligente” ao falar e palestrar. Fale a língua do povo (sem cometer erros gritantes). Use palavras que não precise usar dicionários (a pessoa não vai levar junto com ela e nem vai pesquisar depois...rsrsr).

Todo mundo tem direito de se expressar, sem constrangimento, do contrário, é PRECONCEITO LINGUÍSTICO.
Entendeu?

MAGO MERLIN O OBSCURO SEIXAS (Vulgo: Moacyr).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSCREVA-SE NO CANAL



Desculpe, Sr. da esquerda....

  Em poucos dias do ano (2022), já tive dissabor com a ESQUERDA. Questão de alguns anos, estava em grupo que era para ser apenas sobre CULTU...