SEGUIDORES

CULTURA - COSTUMES

 

Uma breve apresentação:

Sou do interior de São Paulo (região de Ribeirão Preto), cidade de Morro Agudo-SP. Meu pai era paranaense (Norte Velho – COLÔNIA MINEIRA).

Desde seus 14 anos, fugiu de casa e foi criança de rua. Depois que foi servir o exército, virou cantor sertanejo de rádio (PRB2- CURITIBA) em 1950, além de circense. Quando minha mãe mandou uma carta para ele, lá do interior de São Paulo (era transmitido para todo o Brasil).

Fomos de família “paupérrima”, quando meu pai se mandou para o interior de São Paulo para se casar com minha mãe.

Começou a estudar por conta, fez um curso para Pastor em Patrocínio – MG. Daí (como na infância dele), começamos a nos mudar quase que todos os anos. Por isto conheço todas as regiões do Brasil. Vale reforçar: CONHEÇO, é diferente de fazer turismo em um lugar. Além disto, como auditor de um banco estatal, viajei por 10 anos pelo Brasil.

Meu pai foi pastor e professor de Inglês. Teve quarenta obras publicadas por grandes editoras (livros didáticos e paradidáticos). Sobre meu pai, sugiro procurarem os livros na NET: ILHA DAS COBRAS e CARTINHA COR DE ROSA.

Bom, voltando a falar de mim, filho do meio, rebelde desde pequeno. Odiava a escola (apesar de ter pai professor), tanto que no sul de Goiás, fui expulso das únicas três escolas da cidade. Daí, segundo o COSTUME goiano, fui chamado de “CUSTOSO”.

Apenas para dizer que na minha biografia, faço questão de apontar: TÍTULOS.... NENHUM....rsrsr

O fato de eu não gostar de escola ou de não ter feito curso superior (aliás, eu fiz faculdade, uma semana.... rsrsrsr), não quer dizer que não estudo e não pesquiso. É da minha personalidade, “SER SEM TER” .... rsrsrs. Um papel na parede não representa nada para mim.

Além de não expert na língua, sou adepto de .... ENTENDEU? Sou pela COMUNICAÇÃO, a linguagem erudita é restrita. É importante, certamente, mas o mais importante é a COMUNICAÇÃO. Então...... O que eu escrevo, não releio......rsrsrsr. Não penso, assim fosse, não escreveria. Tem uma história do grande Abraham Lincoln, que escreveu uma carta para um seu general. Não enviou logo a seguir. Todos os dias dava uma lida e ia suprimindo, até que resolveu não enviar.... rsrsrs

Apesar de usar redes sociais (youtube, Blog, Instagran, FB...), não faço para ter MUITOS SEGUIDORES, ou para ter rendimentos. Achei uma maneira de escrever o que penso, sem publicar em livros (principalmente em Blog, podemos corrigir, suprimir e acrescentar, sem precisar de REEDITAR....rsrsr.

Quem me segue, fico feliz. Não com a quantidade, mas com a qualidade de seguidores. Acho que as “plataformas” não gostam muito de mim, em função disto.... rsrsr

 

Agora, com meus 67 anos (até dezembro 2021), continuo sendo o que sempre fui...rsrsrrs. Sou Roqueiro, Motociclista, estudioso da história, genealogia e armorial, sarcástico, encrenqueiro, LOUCO.....

Apenas, uma breve apresentação para eu entrar no assunto CULTURA (COSTUMES).

Assisti uma LIVE do JORNAL DO MATE PARANAENSE (24/07/2021), apensar de estar voltada (intitulada) como biografia do meu amigo/irmão CARLOS ZATTI, falou-se muito da cultura do SUL. Foi muito bom, aprendemos com o “contraditório” ...rsrsrs. Segundo minha ótica, aquele que diz amém a tudo, não acrescenta nada...

Segundo minha opinião, falando de cultura de um povo (COSTUMES), eu digo que depende muito de três fatores: REGIÃO – CLIMA e IDEOLOGIA. Vou apenas dar dois exemplos (de muitos). Os italianos que ficaram em São Paulo e demais regiões do Brasil acima, vieram do mesmo local dos italianos (VENETO) que vieram para o SUL do Brasil. Os de São Paulo, além do clima, vieram substituir o escravo AFRO, depois da abolição, a mão de obra dos Afros ficou inviável aos fazendeiros. Contam que setenta italianos custavam por um AFRO. Os fazendeiros iam até Santos, sabendo da imigração italiana, levavam famílias para o interior de São Paulo (foram até para o Nordeste). Comparando com italianos que vieram para o SUL, eles ganharam terras, além do clima ser totalmente diferente.

Também, como exemplo, como pode uma cultura (costumes) de milênio, como os Alemães, em poucas décadas, com a separação até por MURO (Muro de Berlin), ser degradada? Influência IDEOLÓGICA...

 

Observando a história antiga, os povos tiveram seus ciclos (em função da região), como o do METAL, DA AGRICULTURA e CAÇA. Da caça, OS GUERREIROS CHAMADOS DE “BÁRBAROS”.

A região tem ligação com o clima. Por exemplo, Curitiba-PR, tem um clima atípico, em função da Serra do Mar e dos CAMPOS GERAIS. Estamos em um “buraco” ...rsrsrsr.

Além disto, tenho problemas insônia (distúrbio do sono). Depois de muitos anos, descobri com um médico que tem muita relação com o CLIMA. A SEROTONINA (QUE TAMBÉM REGULA O HUMOR) é abundando com o sol, coisa que quase não vemos aqui em Curitiba-PR, até mesmo o frio do Sul. Por isto, muitos querem atribuir aos Europeus e Curitibanos, um povo fechado. Óbvio, sem sol, baixamos a cabeça e nos isolamos (sem falar que a falta de sol afeta o humor). Com o sol, é um outro povo (muita serotonina), mais alegre. Viu como até os hormônios (serotonina) influenciam em nossas vidas (e costumes.... rssrsrs).

 

Bom, acredito que tenha dado minha opinião sobre cultura (costumes). Não vou entrar no mérito de DNA. Daí a coisa complica. Não saberia explicar ou me expressar. Sou adepto da LÓGICA (mais do que a ciência ESCRITA...rsrsr).

Apesar de termos apenas três troncos de DNA (dos últimos cinco ou seis mil anos), o DNA deles, também vieram de seus ancestrais. Para não ir mais longe, ficamos com os três filhos de NOÉ. Cada um com sua característica, e isto HERDAMOS DELES (também). Graças a eles (segundo o Livro Sagrado), a terra foi dividida para os três. Normalmente, quem tem percentual grande de europeu, são filhos de MESAQUE – JAFÉ (pai e filho).

Também acredito na MEMÓRIA GENÉTICA.

 

Então, segundo minha visão, falar em cultura, é um lapso de tempo muito pequeno. No máximo, três gerações (quando imigraram para outras regiões/países).

 

Definição de CULTURA (na net): Cultura significa todo aquele complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo ser humano não somente em família, como também por fazer parte de uma sociedade da qual é membro.

 

Cultura também é definida em ciências sociais como um conjunto de ideias, comportamentos, símbolos e práticas sociais, aprendidos de geração em geração através da vida em sociedade.


Tem um outro fator que influenciou em muito na cultura dos povos (além daqueles que falei de gerações, clima, etc). Com o advento da TV e depois da NET, o mundo ficou PEQUENO....rsrsrs Não acha? Cultura globalizada. Podemos observar isto HOJE, na Coréia do Norte, Cuba e China (net proibida e determinados filmes).

 

 

MAGO MERLIN O OBSCURO SEIXAS (Vulgo Moacyr).

 

26/07/2021

 

 


"Eu era um fracasso na escola. A escola não me dizia nada do que eu queria saber. Tudo o que aprendia era nos livros, em casa ou na rua. Repeti cinco vezes a segunda série do ginásio. Nunca aprendi nada na escola. Minto. Aprendi a odiá-la” (Raul Seixas).

GHANDI

“A instrução deve ser um dos muitos meios para o desenvolvimento intelectual, mas tivemos no passado gigantes intelectuais iletrados.”

“Saber ler e escrever não é o fim da educação, sequer o início.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSCREVA-SE NO CANAL



Desculpe, Sr. da esquerda....

  Em poucos dias do ano (2022), já tive dissabor com a ESQUERDA. Questão de alguns anos, estava em grupo que era para ser apenas sobre CULTU...